Pesquisa da UnB pretende investigar e promover troca de saberes entre as CSAs de Brasília

Desde maio deste ano, “coagricultores”, “ponto de convivência”, “apreço”, “cota” e outros verbetes da CSA têm sido incorporados no vocabulário de um grupo de estudantes e pesquisadores da UnB, que vêm tentando desvendar o mundo das CSAs na cidade, suas interrelações, padrões e inovações. Trata-se de um projeto de pesquisa vinculado ao Departamento de Design da UnB e financiado pela FAP-DF, que visa o desenvolvimento de um sistema que ajude na comunicação sobre e entre as CSAs de Brasília.
A pesquisa investiga a troca de saberes entre CSAs, buscando contribuir no registro de práticas comunitárias e na divulgação de soluções que otimizem processos cotidianos. Seus produtos finais compreendem, a princípio, a entrega do sistema à Rede CSA Brasília de toolkit para realização de atividades em campo e publicação de artigos acadêmicos.
São 13 pesquisadores e 5 docentes que acompanham o projeto. Entre eles estão estudantes de design, antropologia, desenvolvedores web, psicólogos e coagricultores de 4 CSAs. Durante o percurso, os métodos de pesquisa valorizam o design participativo e design de serviços, adotando-se a pesquisa-ação e o exercício etnográfico junto às CSAs, além de revisão bibliográfica.
Com o objetivo de tornar público parte do processo criativo, foi criado um site para quem quiser acompanhar o que tem sido feito e o que está por vir até maio de 2019. Acesse: https://medium.com/@fapcsa.unb

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s